DePoloaPolo

Published on October 7th, 2013 | by Ramalho

1

De Polo a Polo 04 – La Paz

Depois de intensos dias no Equador segui para La Paz na Bolívia. Ali eu ficaria por dois dias antes de seguir minha viagem para o altiplano boliviano.  La Paz é uma cidade grande que cresceu no meio de um vale entre as montanhas.

A falta de espaço obrigou a cidade avançar pelas encostas. Sem medo de exagerar, encontrar uma rua totalmente planos na cidade é coisa rara.

IMG_3456

Brinco com as pessoas dizendo: Se você deixar cair uma moeda no chão terá de correr uns 3 quilômetros, ladeira abaixo, até conseguir pegá-la.

IMG_3465

Fiquei num hotel próximo ao estádio de futebol da cidade, aquele onde os times brasileiros sofrem nas partidas disputadas na altitude de 3.600m da cidade e que fica a 1,5 Km da região central, do palácio do governo e outros pontos interessantes da cidade como a Rua ou Calle Sagarnaga.

No meu primeiro dia, meu foco foi encontrar a melhor opção para minha aventura do dia seguinte e que seria uma aventura de bicicleta pela estrada da morte, que será tema da minha próxima postagem.

A Rua Sagárnaga e seu entorno concentra lojas de suvenires, agências de viagem, restaurantes e lojas de material para aventuras outdoor. Foi por lá que passei o dia. Esta rua cruza com a Calle Linares, mais conhecida como Calle de las Brujas, ou rua das Bruxas.

Ela é famosa pelas lojas e barracas especializadas nas forças do além. Lá você encontra amuletos mágicos para atrair, sorte, dinheiro, amor, ou para se defender do mau olhado alheio.

A abundância de opções é surpreendente.  Plantas para curar qualquer enfermidade da alma ou do corpo dividem espaço com elixires do amor e despachos de boa sorte.

Penduradas em quase todas as lojas, macabros fetos de lhama fazem parte do arsenal contra o mal.



 

Passada a má impressão que esses objetos causam, à primeira vista, você começa a dar risadas com alguns sugestivos nomes das poções mágicas como mostram as próximas fotos.

Problemas financeiros? Experimente o sabão Chama dinheiro.

IMG_3447

 

Sua vida amorosa não está lá aquelas coisas? então você precisa levar um dos elixires do amor.

 

 

IMG_3446

O pó de Pusanga, dizem, é poderosíssimo.

IMG_3445

Depois de acertar minha aventura de bike, almoçar e ter visitado a rua da Bruxas, peguei um taxi para rever o vale da Lua, um lugar que faz jus ao nome e que fica uns dez quilômetros do centro de La Paz.  A melhor opção para ir até lá é contratar um taxi e combinar que ele lhe espere lá para trazê-lo de volta. Com US$ 20 você tem acordo fechado para esse trajeto e uma espera de 1 ou duas horas.

IMG_3988

A formação geológica é realmente incrível. A erosão entalhou as rochas e moldou um cenário único.

Se você tiver sorte, poderá estar na cidade em algum dia festivo, e lá, festividade implica em desfiles pelas ruas, seja o motivo pagão ou religioso. Coloridos, sonoros e chamativos, esses desfiles mesclam fanfarras com danças e uma quantidade enorme de figurantes que enchem as ruas de cores.

IMG_3358

Depois de mais um dia intenso, voltei ao hotel. O dia seguinte iria ser ainda mais agitado com a viagem pela estrada da morte.


About the Author

José Antonio Ramalho, escreveu 120 livros sobre tecnologia, fotografia, mitologia grega para crianças e viagens. Foi co-apresentador da 4 temporada do programa 50x1 da Rede Record. Seus livros já foram traduzidos para diversos idiomas.



One Response to De Polo a Polo 04 – La Paz

  1. Liliane Machado says:

    Olá, Ramalho. Ficou muito bacana este site! Adoro suas fotos, dicas, … Ler seus textos ricos em informações nos permite viajar junto em suas aventuras. Sucesso, Ramalho! Abraços.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to Top ↑