Brighton – Inglaterra

 

Brighton é uma cidade litorânea situada no canal da Mancha e  que fica a apenas uma hora de trem de Londres. A cidade combina diversas características que a torna muito atraente para os britânicos e turistas. Compacta, a cidade pode ser visitada quase que exclusivamente a pé.Ela combina a diversão proporcionada pelas praias, uma intensa agenda cultural e artística que se estende pelo ano inteiro, é um ótimo local para compras e possui um dos mais famosos edifícios históricos da Inglaterra.

 

Como cidade litorânea, seu charme floresce no verão Europeu, com suas vielas antigas, no cento histórico, chamadas de Lanes, lotadas de turistas.  Contudo, a cidade merece ser visitada a qualquer época do ano somente pela visita que se pode fazer a um dos mais intrigantes edifícios da Inglaterra.

 

O Royal Pavilion ou Pavilhão Real é um dos mais curiosos palácios da Europa.

Construído entre 1787 e 1822  para o Rei da Inglaterra George IV, o edifício  tem a arquitetura exterior inspirada nos palácios da Índia e o seu interior é totalmente decorado ao estilo chinês. Essa combinação de estilos faz com que você sinta que viajou milhares de quilômetros em apenas alguns passos. Sai da Inglaterra para a Índia quando contempla a fachada suntuosa do palácio. Ao pisar no interior do edifício, mais alguns milhares de quilômetros são percorridos até a China, numa sucessão de salas com decoração majestosa. Entre todos os ambientes, a sala de jantar é a que causa mais impacto. De grandes dimensões, aproximadamente 20 x 30 metros quadrados, a sala ostenta um dos mais fascinantes lustres que já foram feitos.  Um enorme candelabro de cristal  chama a atenção do visitante que ao continuar seguindo sua geometria para o alto, se depara com um enorme dragão chinês, com suas asas abertas, como se estivesse voando. Acima do dragção, o teto em forma de abóbada abriga uma pintura da copa de uma árvore. Essa composição, insólita num primeiro instante é fascinante, pela forma como o arquiteto John Nash conseguiu combina-las de forma tão harmoniosa.

A Rainha Vitória, sucessora de George IV ,visitou o palácio apenas três vezes e o vendeu para a cidade em meados da década de 1850.

A entrada para o Royal Pavilion custa 10,50 Libras. Ele opera entre as 9:30 e 5:45 entre abril e setembro e das 10 as 5:15 no restante do ano. Para conhecer um pouco mais sobre esse curioso edifício visite o site http://www.royalpavilion.org.uk

Visitando Brighton

 Numa visita a Londres, você pode planejar uma visita de um dia à Brighton e não se arrependerá. Se dispuser de dois dias, pode pernoitar por lá aproveitando dos inúmeros eventos culturais que a cidade oferece e dar uma esticadinha à Franca. Ferry-boats o levarão a Dieppe, uma simpática vila francesa do outro lado do canal da Mancha.

Durante o verão a orla se enche de vida. Embora as praias de lá deixem muito a desejar se comparadas às nossas, no lugar de areia, cascalho e uma água fria o ano inteiro, ficam lotadas. Como centro de todas as atividades, um grande Pier abriga um parque de diversões que inclui até montanha russa. O visitante também poderá andar no mais antigo Bonde elétrico da Inglaterra. Criado em 1883 a Volks Railway percorre um trajeto de aproximadamente três quilômetros ao longo da costa.

A área chamada Brighton Lanes, que fica entre a orla marítima e o Royal Pavilion  é um conjunto de ruas estreitas construídas no século 17 e que se tornaram uma área de pedestres. Lá você poderá almoçar em um dos inúmeros restaurantes ou fazer compras em lojas especializadas e de grife.

Como Chegar.

Para chegar a Brighton tome um trem na Victoria Station. Eles partem a cada meia hora, durante o horário comercial. Na Estação de trem de Brighton você pode obter um mapa da cidade. Todas as atrações descritas podem ser alcançadas à pé. Contudo se o cansaço chegar, os ônibus urbanos custam

Para conhecer mais sobre a Inglaterra visite o site http://www.visitbritain.com/pt/BR/

 

Tags: , ,


About the Author

José Antonio Ramalho, escreveu 120 livros sobre tecnologia, fotografia, mitologia grega para crianças e viagens. Foi co-apresentador da 4 temporada do programa 50x1 da Rede Record. Seus livros já foram traduzidos para diversos idiomas.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to Top ↑